Em continuidade aos trabalhos em torno da operação “Arati”, deflagrada nesta semana pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) em Parintins, a Polícia Civil do Amazonas prendeu no lugar, na manhã desta quarta-feira (22/05), seis pessoas e apreendeu dois adolescentes, de 15 e 16 anos.

Foram apreendidos ao longo dos trabalhos uma arma de fogo, substâncias entorpecentes, aparelhos celulares, R$ 487 em espécie, além de roupas e acessórios furtados de uma loja de confecções naquele município, distante 369 quilômetros da capital, em linha reta.

O balanço da ação foi apresentado na manhã desta quarta-feira (22/05), às 10h, durante coletiva de imprensa realizada no prédio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Parintins. Na ocasião, o delegado-geral da Polícia Civil do Estado, Lázaro Ramos, e o delegado Sinval Barroso, diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) da instituição falaram sobre as diligências realizadas no lugar.

Os delegados Everty Pereira e Alessandra Trigueiro, titulares, respectivamente, da DIP e Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Parintins, além do delegado Antonio Chicre Neto, coordenador, neste ano, das ações policiais durante a realização da 54ª edição do Festival Folclórico de Parintins, também participaram da coletiva de imprensa.

De acordo com Lázaro Ramos, por determinação do secretário da SSP-AM, coronel Louismar Bonates, as operações policiais terão continuidade em Parintins, bem como em outros municípios do interior do Estado.

Prisões – Foram presos em flagrante, durante cumprimento de mandados de busca e apreensão, Cláudio Júnior Pereira de Melo, 29, o “Mike”; a companheira dele, Vera Lúcia Azevedo Conceição, 33, e João Dácio Lima Neto, 19, pelo crime de tráfico de drogas. Já Rafaela de Souza Braga, 18, foi presa em flagrante por furto. José Eduardo Silva Mota, 45, foi autuado em flagrante por receptação. Alexssandro Barros de Souza, 23, foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva por homicídio doloso.

Durantes os trabalhos, os policiais civis apreenderam dois adolescentes, sendo um de 15 anos, por ato infracional análogo aos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e furto, e outro de 16 anos, por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas.

Ao longo da coletiva de imprensa, o diretor do DRCO explicou que, no decorrer do cumprimento das ordens judiciais, as equipes receberam um denúncia, de fonte anônima, informando que em uma casa situada na rua Raimundo Bentes de Jesus, no bairro Santa Rita, estavam sendo armazenadas roupas e acessórios furtados na madrugada de terça-feira (21/05), de uma loja de confecções situada no bairro Centro, naquele município.

“Após recebermos a denúncia, nos deslocamos até o local mencionado na delação e encontramos o adolescente de 15 anos em posse de um revólver calibre 22 com a numeração suprimida, além de Rafaela e parte do material subtraído da loja de confecções”, explicou Sinval Barroso.

A titular da DEP de Parintins informou que, após a prisão de Rafaela e a apreensão do adolescente de 15 anos, as diligências em torno do caso seguiram. “Rafaela informou que outra parte do material furtado da loja estaria em posse de José Eduardo. Os policiais civis seguiram até à residência do infrator, no bairro Pascoal Alaggio, e conseguiram prender o homem em flagrante com parte do material furtado”, destacou Alessandra Trigueiro.

Operação Arati – Deflagrada na última segunda-feira (20/05) pelas Polícias Civil e Militar do Estado, inicialmente seis pessoas foram presas e encontrado 1,2 quilo de entorpecentes, entre cocaína, pasta base de cocaína e maconha. Também foram apreendidos R$ 772 em espécie, 43 celulares, dois tablets e um iPad.

Procedimentos – As seis pessoas presas e os dois adolescentes apreendidos nesta quarta-feira (22/05) foram conduzidas ao prédio da DIP de Parintins e permanecerão no lugar até a conclusão dos procedimentos cabíveis.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/PC-AM.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA