Marcelo Ramos reafirma postura independente em relação ao governo

O parlamentar negou que fosse dar apoio irrestrito em troca da prorrogação dos incentivos às indústrias de concentrados da ZFM

Deputado Marcelo Ramos
Deputado Marcelo Ramos

Ao contrário do que foi noticiado na imprensa, o deputado federal Marcelo Ramos (PR) disse que continuará a votar com o governo do presidente Jair Bolsonaro toda vez que entender que a matéria foi a favor do Amazonas e do Brasil, e que votará contra quando a pauta for prejudicial.

“A imprensa noticiou que a bancada federal condicionou o apoio ao governo nas votações à manutenção dos incentivos fiscais de IPI do polo de concentrados na Zona Franca e, em consequência, aos seus empregos. Quanto a isso, faço duas ressalvas, uma delas é de que não há hipótese alguma de eu dar apoio incondicional ao governo”, disse.

Segundo o parlamentar, seu mandato é de natureza independente, votando a favor quando as propostas encaminhadas preservarem os diretos do povo amazonense e brasileiro. Marcelo Ramos avalia que condicionar o apoio a uma pauta única é muito pouco para quem quer a retomada do crescimento econômico e uma indústria pujante no estado do Amazonas.

“Defender o polo de concentrados é algo fundamental, mas é preciso garantir a agilização aprovação dos PPBs (Processos Produtivos Básicos) a fim de diversificar o mix de produtos do nosso polo, de modo a atrair novas indústrias no Amazonas, em especial das áreas da bioindústria, combinados com investimentos em tecnologia e inovação, num ambiente de mais segurança jurídica”, finalizou.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA